I N F O R M A T I V O - S I N T R A N

O Tribunal Regional do Trabalho – TRT da 4ª Região que concedeu o reajuste de 3,95%,1,69%,5,05% e 2,46% sobre o salário base e todas as demais cláusulas econômicas da data-base de 05/2017, 05/2018, 05/2019 e 05/2020, mantendo integralmente todos os nossos direitos conquistados na Justiça.


A EPTC recebeu do SINTRAN PROPOSTAS de Acordo Coletivos com uma conciliação junto ao TRT da 4ª Região e Ministério Público do Trabalho e a Comissão de Negociação da Prefeitura -CGDEP, o argumento e a dívida econômica sobre a empresa para seus trabalhadores, nós temos a clareza de nossas responsabilidades da nossa atividade laboral e a direção da empresa e prefeitura deve assumir seus deveres nas decisões trabalhistas.


Nas reuniões ouvimos os argumentos da EPTC, CGDEP e entendemos mas não compactuamos, por que nos dissídios coletivos 2017, 2018, 2019 e 2020 na época o SINTRAN tomou todas as providências necessárias para o ajuizamento das ações coletivas e de conhecimento da empresa, comissão e do Prefeito Municipal conforme ofícios enviados com decisões judiciais, e sempre solicitamos reuniões, e nunca conseguimos um agendamento sobre as dívidas que a Prefeitura está acumulando para seus funcionários e principalmente para o erário público. Por estas decisões judiciais a categoria está esperando uma resposta das propostas do Paço Municipal.


SINTRAN

À DIRETORIA


Ata - Segunda Audiência de Mediação (1)
.pdf
Download PDF • 58KB

1 visualização0 comentário
 

Rua 7 de abril, 77 | Bairro Floresta | Porto Alegre/RS

(51) 3268 9823

Formulário de Inscrição

©2020 por SINTRAN.